Meninas

Obrigada ao homem que me fez uma mãe solteira

Procura se um 26610

Esses dias perguntamos no nosso perfil no Instagram blogjustrealmoms o que nossas seguidoras gostariam de ler aqui no blog. Quando se tem filhos, na maioria das vezes, os pais naturalmente se dividem de acordo com suas próprias personalidades: um acaba sendo mais mole e bonzinho e o outro faz o papel do mais rígido. A psicóloga e escritora Dra. Olga Tessari. É preciso cuidar de si, tem que ter tempo de ir ao cabeleireiro, ler um livro, sair, conhecer novas pessoas, se relacionar e até assistir novela. Os filhos têm que ser criados para ter independência e o filho mais velho nunca deve ser tratado como o pai dos menores, caso a mulher tenha mais crianças em casa. Aprenda a viver sozinha. Dê tempo ao tempo e esteja aberta.

Você pode gostar

Algumas pessoas endeusam o pai ausente que nunca se preocupou com nada disso. Diz-se uma sociedade reformada, onde a mulher revoluciona, tem seu espaço, compete profissionalmente, faz coisas ao mesmo tempo. Mas ainda esperam que vivamos presas à um casamento, um relacionamento, um macho, para sermos felizes. Concordo que algumas se tornam iscas perfeitas, cuidam do corpinho e do visual ou ressaltam sua personalidade , e esperam ser o objeto perfeito de despesa de caras esbanjadores ou ainda a musa dos sonhos dos inspirados sonhadores. Querida sociedade, enfie seus conceitos onde lhe convier, menos na minha cabeça!

Procura se 34177

Entre para nossa lista e receba conteúdos por email!

Desde que descobrimos que essa nova viver estava por vir, eu estive ao seu lado. Antes éramos duas amigas, mas agora somos três pessoas ligadas pelo amor. É acordar de matina com o choro e se fascinar durante o dia com os sorrisos. Confira algumas lições de vida que só a maternidade é capaz de proporcionar. Mais um desafio! O estranho existe para ser explorado e eu tenho certeza de que você vai explorar essa nova fase da método mais linda e possível. Esteja sempre disposta a ser, hoje, uma pessoa melhor que ontem e sempre siga em frente! Conheça estas curiosidades que ninguém te conta sobre a maternidade.

Conteúdo relacionado

Hoje em dia ela vive casada e feliz, e se tornou a vó das minhas duas lindas netas. E graças à essa experiência, posso grafar essas linhas. Quando descobri que ia ter meu primeiro filho, eu tinha apenas 19 anos de idade. A notícia me chocou e me encheu de medo. Muitas questões também surgiram. Além dos preconceitos da minha parentela e do meu ambiente.

Leave a Reply

Your email address will not be published.